Revisão de 2016: o que marcou o ano em marketing digital

O final do ano é o fechamento de um ciclo em que muitas empresas avaliam como foi o período e começam a planejar o ano seguinte ou ao menos projetar novas estratégias para colocá-las em prática assim que o calendário virar. Você sabe quais foram as principais solicitações dos clientes em 2016 com relação a marketing digital?

A Search Optics é especializada em soluções avançadas de marketing digital e acompanhou diversas necessidades de clientes com perfis variados durante 2016. O que chamou atenção foi que, independentemente da área de atuação, as solicitações foram similares. Muitas destas necessidades tendem a se manter em 2017.

Confira:

1) Sites responsivos

Após o Google mudar seu algoritmo em 2015 e os anunciantes sentirem como foram penalizados no ranqueamento orgânico, o ano de 2016 foi o período de correr atrás do prejuízo para adaptar seus sites para tecnologia mobile. A maioria dos acessos à internet já acontecem através de dispositivos móveis, dado que comprava que os potenciais clientes estão cada mais conectados e possuir uma plataforma responsiva pode ampliar as chances de novos negócios.

2) Gerenciamento

A busca por plataformas que auxiliem o gerenciamento das atividades da empresa também aumentou em 2016. O destaque está em sites com sistema de gestão de conteúdo (CMS), que possibilitam que atualizações sejam feitas diretamente pelo cliente de maneira simples e intuitiva; sistema de gestão de leads, que permitem organizar todos os contatos recebidos em um único local, aumentar a produtividade da equipe de vendas e acompanhar resultados efetivos das ações de marketing em diversos canais; e sistemas de integração de estoque, que vêm ganhando cada vez mais força em virtude dos classificados online e garantem os anúncios sejam publicados em diversos portais rapidamente e sempre com a informação mais atualizada.

3) Mensuração de resultados

Cada vez mais os anunciantes precisam justificar seus investimentos e apresentar análises eficientes do resultado. Além disso, os clientes não conseguem dedicar muitas horas para análise de dados e, por isso, buscam ferramentas com dados robustos, mas de fácil utilização. Oferecer ao cliente métricas que possam ser facilmente compreendidas e que apontem onde está o retorno de cada centavo investido nas campanhas de marketing digital fez a diferença em 2016 e permitem que o cliente possa a planejar ações mais eficientes baseadas em dados reais e comprovados.

4) Time afinado

A busca por profissionais especialistas em cada segmento foi um dos destaques do ano. Os anunciantes esperam que seus parceiros de marketing digital atuem como consultores para direcionar e sugerir melhores práticas. Só dessa forma é possível que as marcas consigam se diferenciar dentro da sua especialidade.

5) Conteúdo qualificado

A geração de conteúdo qualificado contribui consideravelmente com o ranqueamento orgânico dos sites e foi bastante explorada em 2016. O tema está ganhando cada vez mais força e vem exigindo especialização das equipes para utilizar melhores práticas de SEO e se destacar da concorrência.


Comentários

Nome Completo:*
E-mail:
Comentários:*

Recent Posts