nada

As cinco tendências principais do NADA 2017

Todos os anos, a Search Optics não só envia uma equipe de executivos para a National Automobile Dealers Association (NADA) Convention & Expo - principal evento de distribuição automotiva do mundo - como também faz parte da lista de expositores. Nós participamos anualmente da NADA, pois este investimento traz benefícios para nossos clientes e para nossa empresa, já que é este evento que define o ritmo para o próximo ano, assim como as tendências da indústria e suas expectativas.

Este ano, a conferência, que aconteceu em New Orleans, deixou a sensação de que 2017 será um ano de mudanças na indústria automotiva. Na perspectiva do marketing digital, estas cinco tendências da NADA 2017 são fatores que todos os anunciantes devem prestar atenção:

1. Resultados ainda reinam como o principal: As tecnologias vão continuar a se aperfeiçoar, enquanto surgem novas plataformas e possibilidades de comunicação. Independentemente de tendências, o que realmente interessa aos concessionários sempre será o quanto isso pode impactar seu objetivo final, ou seja: vendas de carros. Isso significa que encontrar o parceiro de marketing digital certo para impulsionar os resultados é essencial. Foco no resultado ainda importa mais do que qualquer outra coisa.

2. Nem todas as empresas que trabalham com marketing para ferramentas de busca (SEM) fazem da mesma forma: Comprar palavras-chaves no Google AdWords não é o mesmo que comprar um pacote de sal. A experiência em SEM é importante e, nem sempre, fácil de encontrá-la. Isso porque o marketing digital está ficando cada vez mais complexo. As concessionárias precisam de parceiros de marketing que possam ajudá-los a executar com êxito as ações de SEM. Mais do que isso, eles devem esperar excelentes resultados de SEM de seus fornecedores de serviços de marketing digital em 2017. Qualquer retorno menor é inaceitável.

3. Otimismo com cautela: Houve um otimismo cauteloso no evento e os participantes pareciam sentir uma mudança que pode alterar radicalmente o cenário automotivo conforme a administração Trump avança. Nos negócios, as mudanças são constantes, mas quando essa mudança está além de seu controle, é preciso liderança e confiança em sua experiência digital para promover as ações de marketing. Além disso, ter uma perspectiva global pode trazer valor a uma iniciativa de marketing digital, e esse valor vai crescer à medida que as práticas de negócios globais evoluem durante o ano.

4. Maior digitalização exige maior inovação: A indústria automotiva está em um ponto de virada quando se trata da penetração digital. De fato, estamos agora entrando na próxima onda no mercado dos EUA de 100% de penetração digital. Isso se traduz na necessidade de entender melhor a mídia, juntamente com outros fatores que forçam os concessionários a recorrerem a estratégias mais inovadoras de marketing e vendas, a fim de superar o ruído digital.

5. Os Estados Unidos continuam definindo o tom: Os EUA estão no epicentro da inovação de marketing digital e melhores práticas. Os mercados globais continuarão a olhar para as agências digitais nos Estados Unidos para definirem a direção de suas estratégias para 2017. Na EMEA (Europa, Oriente Médio e África), em particular, uma nova realidade acaba de chegar à medida que os concessionários têm se alinhado com as condições do mercado para competir de forma mais eficaz num mundo cada vez mais digital e em rápida mutação. O mesmo podemos destacar para a América Latina, onde as concessionárias estão se digitalizando cada vez mais rápido e entendendo o consumidor digital como o centro de suas estratégias.

Com mais de 23 mil participantes na NADA 2017, o evento anual é uma obrigação para os profissionais da indústria automotiva.


Comentários

Nome Completo:*
E-mail:
Comentários:*

Recent Posts